Com a chegada do calor, os cuidados com os animais de estimação devem ser redobrados. Deixamos aqui 4 dicas importantes que podem fazer toda a diferença este verão. Porque a prevenção é a melhor aliada do seu animal de estimação.

Estas dicas ajudarão a evitar Golpes de Calor, uma das causas de morte mais comuns nos animais de estimação no Verão, por isso é considerada uma urgência médica, que se não for detectada e tratada a tempo, poderá ser fatal

Água limpa fresca sempre disponível

Com o calor os animais necessitam de beber mais água, isto porque as duas perdas de calor são feitas através da evaporação da humidade durante a respiração.

Caso o animal não tenha água à disposição em dias de muito calor, poderá ficar desidratado.

Ter água à disposição o dia inteiro é imprescindível para manter o seu animal saudável durante o tempo mais quente. Deve mudar a água regularmente para a manter fresca, e pode ainda experimentar colocar uns cubos de gelo na água para ajudar o seu cão ou gato a refrescarem-se.

Evitar os passeios e exercícios na altura de maior calor

Deixe os passeios longos para as horas mais frescas, como de manhã ou final de tarde, e até mesmo à noite. Passear com o seu cão durante o dia poderá provocar-lhe uma insolação e queimaduras solares (evite os passeios durante as 12:00 e as 16:00).

Nunca deixar os animais dentro de carros ou em locais pequenos e fechados sem ventilação

Ficar trancado no carro não será nada agradável para o seu animal de estimação, pois ele poderá sofrer insolação e, inclusive, pode até mesmo morrer. O carro acumula no seu interior uma enorme quantidade de calor, fazendo com que pareça um forno, que inclusive poderia matar o seu animal.

Uma vez que os golpes de calor ocorrem se os animais estiverem expostos a altas temperaturas, o primeiro passo para evitar que esta situação aconteça, é evitar expô-los ao calor em qualquer situação, por isso, nunca deixe o seu animal no carro em dias de calor.

Em dias de muito calor mantenha os seus animais em locais frescos e se possível arejados.

Parasitas externos

Lembre-se que no verão aumenta a incidência de pulgas e carraças.

É um problema grave, pois estes parasitas podem ser portadores de doenças graves, que podem ser transmissíveis aos humanos (zoonoses), principalmente os mosquitos e as carraças.

É, portanto, de extrema importância que seja feita a prevenção de forma correta contra estes parasitas, de forma a salvaguardar os nossos animais e a nós.

Em caso de dúvidas, não hesite em contactar o seu Médico Veterinário.

AniCura Santa Marinha Hospital Veterinário

Entre em contacto com um veterinário

Este artigo foi útil?

Por favor, selecione o que se adequa à sua situação. Agradecemos o seu feedback.

Obrigada!

Nós realmente apreciamos isso

Erro

Ocorreu um erro. Este pedido já não pode responder até ser recarregado.